És o pulsar

quinta-feira, janeiro 08, 2009 / Publicada por Rui Pedro /

Contigo estou disposto a arriscar. A arriscar que faças com que o bater do meu coração ocorra com tanta velocidade, com um pulsar irrequieto, com tanta vitalidade e sem qualquer armadura... É teu para que o possas estragar, pois quero que o faças bater como nunca bateu.

Olho para ti e registo o momento.
A delicadeza do teu sorriso, a paixão do teu riso.
O encanto do teu tocar, o pecado do teu toque.
A pintura do teu retrato, a forma do teu corpo que me hipnotiza..
És calor que conforta e calor que queima.
Consomes o meu oxigénio, mas da melhor maneira, da única que deveria existir.

A ti não me dou só a mim.
Dou o que fui, sou e serei.
Dou o que tive, tenho e terei.
E não será suficiente. Pois dás-me mais do que isso.

Dás-me o "Amo-te" que, mais do que digo, sinto.
Dás-me o beijo que, mais do que recebo, dou.
Dás-me a vontade de te querer,
de saborear os teus beijos, e cada um deles têm um sabor diferente...
de apreciar cada curva do teu corpo com a minha visão, com o meu tacto, com o meu paladar.

Tu não tens o sorriso dum anjo. Tu és o meu anjo que sorrí.

És tudo o que sempre sonhei
e nunca tive.


4 comentários:

Comment by Sara on 9 de janeiro de 2009 às 00:13

Oh Rui...tens um grande coração. Não é nenhuma novidade?? pois não!! mas é muito importante alguém te lembrar disso, pois essa sensibilidade não passa despercebida:)
Sonhos.....são tantos não é amigo? mas o mais bonito é quando os conseguimos tornar realidade e os vivemos tão intensamente que continua a parecer "um sonho!" Que a tua vida seja mais do que isso...o céu azul vibrante que nos hipnotiza, com um arco-íris brilhante e um sol luminoso...todos os dias...para ti:) beijinho grande da sempre Amiga, com quem podes contar hoje e sempre.

Comment by ~AM~ on 14 de janeiro de 2009 às 15:04

:) Sim senhor... era bom que existissem mais pessoas tão abertas como tu!

Gostei imenso, mesmo muito!!!

Beijos, ariana

Comment by JOANA on 19 de janeiro de 2009 às 00:08

Gosto particularmente do início..."..Contigo estou disposto a arriscar. A arriscar que faças com que o bater do meu coração ocorra com tanta velocidade, com um pulsar irrequieto, com tanta vitalidade e sem qualquer armadura..."
Nesta vida temos que arriscar, lutar por momentos intensos e únicos, aqueles que justifiquem cada minuto de uma hora... não interessam as horas que temos de grande paixão, o que interessa é a capacidade de as conseguir prolongar no tempo, a capacidade de as converter num amor sólido, quente e duradouro....
Dificil é encontar alguém que corresponda a todo o brilho, sensualidade e cumplicidade que essa paixão e amor ardente exigem....
Mas estás no bom caminho, começa por se tirar a armadura e deixar que alguém se aproxime.... dando espaço para a felicidade e até mesmo a dor, sofrimento ... faz parte…..
Por um anjo que sorri, vale a pena a preseverança…. Conseguir algo que nunca tivemos….
E depois, o ontem, hoje ou amanhã não interessam…. Apenas é importante cada segundo vivido em puro êxtase…
Se conseguissemos viver mais o momento (e os devaneios), a vida seria mais prazerosa ;)
beijoka, JO

Comment by sandra ribeiro on 19 de janeiro de 2009 às 22:58

Muito profundo e intenso... quando o tema é Amor, deves andar bem inspirado.
Beijinhos e que recebas o que deres

Enviar um comentário